Bem-vindo

Vamos te dar as melhores dicas e te manter atualizado de tudo que há de novo no mercado de Segurança Eletrônica no Brasil e no mundo.

Crianças em casa na quarentena: como evitar acidentes domésticos

Crianças em casa na quarentena: como evitar acidentes domésticos

5
(1)

Todos os dias, crianças que sofrem um acidente doméstico chegam aos hospitais. Crianças menores de 5 anos são um grupo de risco, com a maior incidência entre os três primeiros anos de vida, onde o início da progressão de seu domínio e autonomia corporais são aprimorados com sua própria curiosidade de querer descobrir o mundo, sem entender o perigo potencial.

Devido as medidas de isolamento em decorrência da pandemia do coronavírus, as crianças passam muito mais tempo do que o habitual em casa. Assim, as chances de um acidente doméstico aumentam exponencialmente.

Muitas pesquisas indicam que os 5 acidentes domésticos mais frequentes são:

– Quedas de altura e pancadas
– Cortar feridas e sangrar
– Queimaduras
– Envenenamentos
– Asfixia

Como evitar acidentes?

Uma boa maneira de evitar possíveis emergências que podem ocorrer dentro de casa é identificar elementos-chave fontes de riscos como: gás, eletricidade, fogo e água.

Além disso, as seguintes precauções podem ser tomadas:

  • Tenha muito cuidado ao cozinhar. Controle quem circula perto do fogo no processo, evite deixar panelas com o cabo/alça ao alcance das crianças;
  • Priorize cozinhar nas bocas da parte de trás do fogão;
  • Evite fazer instalações elétricas se você não tiver a experiência;
  • Coloque tampas de plástico nas tomadas para evitar a inserção de qualquer objeto de metal e até os dedos nos plugues;
  • Deixe os medicamentos fora do alcance das crianças;
  • Nunca deixe uma banheira, balde ou outro recipiente cheio com qualquer quantidade de água sem supervisão;
  • Controle o uso de bicicletas, patins, skates, dentro de casa.

Para evitar menos quedas, as dicas são as seguintes:

  1. Manter o chão livre de obstáculos. Sabemos que não é fácil, mas tente manter o chão livre de brinquedos, livros e pequenos objetos com os quais é muito fácil escorregar ou cair;
  2. Superfícies secas e limpas. A cozinha ocupou um lugar importante nos dias de confinamento. Durante essas tarefas, tente limpar sempre que derramar algo ou o chão ficar sujo;
  3. Móveis longe das janelas. Cadeiras, mesas ou caixas são possíveis escadas para as crianças espiarem perigosamente pelas janelas e terraços.
  4. Tela de proteção. Se você mora em um apartamento, lembre-se de que a malha de segurança expira e deve ser renovada a cada dois anos, dependendo da orientação da casa. Nunca é demais verificar isso.

Também é indicado o uso de câmeras de segurança. Assim pode ficar de olho na criança enquanto realiza alguma atividade.

No final o velho ditado que diz “que a prevenção é o melhor remédio” é o grande ensinamento, contudo atenção redobrada ajuda ainda mais.

Gostou do assunto? Tem alguma dúvida sobre os aplicativos? Então deixe o seu questionamento nos comentários!

Ou se deseja receber uma consultoria especializada, escreva seu nome e e-mail que um profissional capacitado vai entrar em contato com você.

https://www.supersegbrasil.com.br/nossas-lojas

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe uma resposta

*

code