Bem-vindo

Vamos te dar as melhores dicas e te manter atualizado de tudo que há de novo no mercado de Segurança Eletrônica no Brasil e no mundo.

Violência doméstica: como itens de segurança eletrônica podem lhe ajudar na prevenção

Violência doméstica: como itens de segurança eletrônica podem lhe ajudar na prevenção

Violência doméstica: como itens de segurança eletrônica podem lhe ajudar na prevenção
5 (100%) 1 vote

Onde encontrar formas de proteção contra violência doméstica?

Os dados estão ai para mostrar. Infelizmente a violência doméstica é uma realidade. Segundo um levantamento realizado pelo Dossiê Mulher , de 2013 a 2017, 225.869 mulheres foram vítimas de violência doméstica.

Uma triste realidade. Por dia, há uma média de 123 solicitações. Muitas mulheres mesmo tendo denunciado seus ex-companheiros, ainda se sentem desprotegidas, mesmo que estejam amparadas pela Lei Maria da Penha. O preconceito, hoje bem menor, ainda é um tabu, fazendo que muitas optem por manter-se em silêncio.

Mas como um sistema de segurança pode ajudar a mulher a se sentir mais segura? Confira o texto!

Segurança eletrônica contribuindo para a segurança das mulheres

Levando em consideração os dados estatísticos apontados, e também o número de casos diariamente que vemos na mídia de mulheres que são vítimas de abuso, entre outros, a violência doméstica é uma realidade.

E mesmo denunciando o ex-companheiro para a justiça, vale a pena sim investir em segurança eletrônica.

Uma dica fundamental é inserir câmeras escondidas na residência. Elas são ótimas pois ajudam a filmar alguma ação que precisa de uma prova, por exemplo.

Outros dispositivos de segurança como instalar uma fechadura eletrônica com senha para evitar que a pessoa consiga arrombar, ou com uma cópia de chave adentrar a residência.

É um excelente dispositivo servindo como proteção contra visita indesejada de um ex-marido por exemplo.

Os alarmes também têm uma importância na hora da proteção. Eles servem para alertar, caso alguém entre, quando o proprietário não está em casa.

Sistemas de segurança ajudam como provas na justiça

Com os índices alarmantes de violência doméstica no Brasil, é preciso sim se proteger.

E este é um investimento que pode custar a sua vida! E não somente isso, no caso das câmeras de segurança elas podem servir de prova na justiça, principalmente quando o casal tem um filho e é necessário decidir sobre a guarda compartilhada ou provar alguma questão alegada em juízo.

Ou seja, a câmera é uma forte prova mostrando para autoridade sobre o que uma visita indesejada do ex-marido pode causar, tanto para a mulher quanto para o filho.

Uma das medidas protetivas da Lei Maria da Penha é garantir o afastamento do agressor do lar, e proibir o agressor de se aproximar da vítima, fixando distância mínima.

Mas sabemos na prática que o agressor muitas vezes recrimina essa tão importante Lei e ultrapassa autoridades, e assim encontra certa vulnerabilidade quando essa existe, e se aproxima da mulher e dos filhos, expondo as suas vidas, e deixando muitos traumas.

Essa não é uma lembrança que ninguém quer ter. Mesmo que haja medidas preventivas, a mulher precisa buscar outras formas de se proteger, e nessa hora de tanta aflição e medo, é preciso se sentir seguro em sua residência.

Então é importante contratar uma empresa de segurança para que faça uma visita técnica especializada, avalie suas necessidades, e assim possa ajudar a proporcionar mais segurança para mulher e filhos.

Gostou do assunto? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Então deixe o seu questionamento nos comentários!

No nosso blog tem muitas outras informações sobre estes e outros assuntos. Continue nos acompanhando.

Ou se deseja receber uma consultoria especializada, escreva seu nome e e-mail que um profissional capacitado vai entrar em contato com você.

www.supersegbrasil.com.br/cameras-de-seguranca

Deixe uma resposta

*

code